*Meu saudoso KIMBA


***** T A G S *****
-são temas do blog-
(clique em cima)

* 00-kimba-adormecer

* 00-monty-adormecer

* 01-diversos

* 03-eles são assim

* 04-fotografias

* 05-histórias de perdas

* 07-amado gato

* 07-perdas-homenagens

* 09-se eu falasse

* 10-poemas-outros

* 11-crónicas-outros

* 12-crónicas-laura

* 12-natal

* 12-poemas-kimba

* 12-poemas-laura

* todas as tags

*posts recentes

* Hannynha - poodle

* Jolly da Vanilma - 28/04/...

* Bobinhos

* Shirra

* Raça gigante - 2

* ANASTÁCIA - passou para o...

* Como cuidar de cães idoso...

* Natal de imensa saudade- ...

* Há donos e DONOS AMIGOS!

* Deus átomo

* Rufus e Domi da Mar Teres...

* REX - Meu fiel companheir...

* Como abraçar um bebé:

* A perda de um companheiro

* A dor da perda!

*arquivos

*últ. comentários

Obrigada, Vanilma. Eles deixam-nos desoladas quand...
Lindo o que escreveu :(
Vanilma, só agora vi a sua mensagem, amiga.No iníc...
Acabei de perder a minha poodle de 15 anos e estou...
Como eu a compreendo amiga Laura,eles sim são os n...
Obrigada pelo seu comentário. Gostarei de o ver no...
As vezes porreirinhos de mais! Também convivemos c...
Van, o seu Carlinhos já está no meu blog. Já viu?L...

*mais comentados

*Aos visitantes:

Destinei este blog aos animais que já não estão mais comigo ou neste mundo,

e aos amigos com animais também já adormecidos que, roídos pela saudade,

ainda escrevem sobre eles.
Vamos homenageá-los?

Fale comigo - (clique na caixa do correio)

laurabmartins.blogs.hotmail.com
»»»»»»»»»»»»»» | ««««««««««««««

Domingo, 10 de Maio de 2009

O guardião

Doberman_grades.jpgMorei por alguns meses numa chácara, na parte que antes era uma clínica e no momento estava vazia.

A proprietária morava na parte da frente.

O cachorro dela, um dóberman, assim que me viu mudou de dona. Primeiro ele urinou na minha porta da frente, para marcar território. Aos poucos, foi marcando mais. Na outra porta, ao redor da minha cama, da minha escrivaninha e até da minha cadeira.

Ao invés de dormir no quartinho de ferramentas, preferia dormir na minha porta, tomando conta de mim, nem que chovesse ou fizesse frio. E não queria entrar, queria mesmo montar guarda, como se soubesse que a região estava cheia de bandidos.

 

Às vezes ficávamos sozinhos na chácara, só eu e ele, passeando de madrugada como se fosse meio-dia. Eu não sentia medo, nenhum, de nada.

 

Quando me mudei, não podia levá-lo, pois além de enorme, não era meu.

Dia desses fiquei sabendo que ele morreu.

Tinha um nome guerreiro, chamava-se Átila, mas foi um anjo que passou pela minha vida.

----------

10/08/2006

Ana Suzuki

**** T A G S *****
-são temas do blog-
(clique em cima):

publicado por LauraBM às 23:03

link do post | E custa, comentar aqui?

*mais sobre mim

*espreitar no blog

 

*subscrever feeds

*favorito

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*links

*Banners

Uma vela por ti

meu amado cão!

*Google-A minha página

Encontre-nos no Google+